Biografia

Felipe Adão iniciou-se no futebol nas divisões de base do Flamengo e do Vasco da Gama. Profissionalmente, começou no Figueirense de Santa Catarina. Jogou, em 2006, pelo Botafogo, no qual se sagrou Campeão Carioca de 2006, após ter ajudado o clube na conquista da Taça Guanabara. Na reabertura do Maracanã, marcou o último gol da goleada botafoguense contra o Vasco, com o placar de 5 a 3 em janeiro de 2006.

O promissor atacante balançou a rede mais vezes durante a temporada que atuou pelo Botafogo, alcançando 6 gols no mesmo ano, mesmo com poucas oportunidades como titular no comando do técnico Cuca. Com o pedido do próprio Felipe Adão de rescindir seu contrato com o Botafogo, vários clubes do Brasil e do exterior fizeram propostas para contar com o jogador, como o Fluminense e o Lucerna, da Suíça. Porém em março de 2007, o jogador acertou com o líder do Campeonato Goiano, o Atlético Goianiense, almejando conquistar o título regional e uma boa participação na Copa do Brasil. Em junho de 2007, assinou contrato de dois anos com o Lucerna.

No Campeonato Baiano de 2011, foi destaque do Vitória da Conquista, e foi autor do gol mais bonito do campeonato. Foi contratado pelo Guarani para a disputa da Série B, em 2011. Transferiu-se para o FC Anyang, da Coreia em 2014 onde jogou o K League Challenge, ajudando a equipe a terminar em terceiro lugar. Em 2015, jogou em Dubai nos times Dibba Al Fujairah, onde foi um dos protagonistas do campeonato First Division League – que teve 11 jogos;  conquistando 11 vitórias e com 10 gols de Felipe – e também no Dubai Club.